FONOAUDIOLOGIA: DISTÚRBIOS ALIMENTARES

Horário Funcionamento:
de segunda à sexta das 08h às 21:30h,
e sábado das 8h às 18h

FONOAUDIOLOGIA ALIMENTAR, CUIDANDO DA FALA E DA ALIMENTAÇÃO DA CRIANÇA

O tema da alimentação infantil é um dos temas mais controversos, enfrentados diariamente por mães e pais. Muitas vezes o momento das refeições não só é estressante, mas também responsável por gerar um sentimento de culpa, uma vez que muitos filhos simplesmente se recusam a comer e pronto!
É neste momento que a mãe começa uma busca incansável por diversos profissionais, sendo que a grande maioria dos problemas que estão relacionados com a alimentação infantil podem ser resolvidos com a ajuda de um fonoaudiólogo, em um trabalho de introdução alimentar

FONOAUDIOLOGIA ALIMENTAR, CUIDANDO DA FALA E DA ALIMENTAÇÃO DA CRIANÇA

O tema da alimentação infantil é um dos temas mais controversos, enfrentados diariamente por mães e pais. Muitas vezes o momento das refeições não só é estressante, mas também responsável por gerar um sentimento de culpa, uma vez que muitos filhos simplesmente se recusam a comer e pronto!
É neste momento que a mãe começa uma busca incansável por diversos profissionais, sendo que a grande maioria dos problemas que estão relacionados com a alimentação infantil podem ser resolvidos com a ajuda de um fonoaudiólogo, em um trabalho de introdução alimentar

MAS SERÁ QUE VOCÊ CONHECE TUDO SOBRE ESSA ESPECIALIDADE??

Muitas pessoas acreditam que o fonoaudiólogo é o profissional que irá apenas auxiliar o filho ou filha a falar. Este conceito está errado, uma vez que o profissional de fonoaudiologia atua em áreas bastante diversas, podendo auxiliar tanto em distúrbios relacionados à comunicação, como também em dificuldades alimentares e introdução alimentar, temas muito comuns nos primeiros anos de vida dos pequeninos.

MAS SERÁ QUE VOCÊ CONHECE TUDO SOBRE ESSA ESPECIALIDADE?

Muitas pessoas acreditam que o fonoaudiólogo é o profissional que irá apenas auxiliar o filho ou filha a falar. Este conceito está errado, uma vez que o profissional de fonoaudiologia atua em áreas bastante diversas, podendo auxiliar tanto em distúrbios relacionados à comunicação, como também em dificuldades alimentares e introdução alimentar, temas muito comuns nos primeiros anos de vida dos pequeninos.

QUAL O MOMENTO DE SE PROCURAR A AJUDA DE UMA FONO ALIMENTAR?

Uma vez que a fonoaudiologia alimentar é uma especialidade bastante ampla, o profissional desta área está habilitado a cuidar de problemas bastante diversos, sendo estes os mais recorrentes na fase inicial de vida de uma criança aqueles relacionados aos distúrbios alimentares.

Os sinais mais clássicos de um problema relacionado à alimentação em uma criança são perdas e ganhos, tanto de peso como de altura. Mas para evitar que problemas como esses se agravem, é importante que os pais fiquem atentos a sinais prévios que podem ser importantes ferramentas de prevenção, como por exemplo a recusa de grupos alimentares inteiros (frutas, verduras, entre outros), ou até mesmo desconforto ao comer.

QUAL O MOMENTO DE SE PROCURAR A AJUDA DE UMA FONO ALIMENTAR?

Uma vez que a fonoaudiologia alimentar é uma especialidade bastante ampla, o profissional desta área está habilitado a cuidar de problemas bastante diversos, sendo estes os mais recorrentes na fase inicial de vida de uma criança aqueles relacionados aos distúrbios alimentares.

Os sinais mais clássicos de um problema relacionado à alimentação em uma criança são perdas e ganhos, tanto de peso como de altura. Mas para evitar que problemas como esses se agravem, é importante que os pais fiquem atentos a sinais prévios que podem ser importantes ferramentas de prevenção, como por exemplo a recusa de grupos alimentares inteiros (frutas, verduras, entre outros), ou até mesmo desconforto ao comer.

A PRIMEIRA VISITA

A visita ao médico para tratar de distúrbios alimentares pode ser extremamente difícil tanto para criança como para os pais. Para minimizar os impactos e transformar esta experiência em algo prazeroso e tranquilizador para ambas as partes, é fundamental que o consultório seja aconchegante e que os profissionais sejam atenciosos e muito amorosos, lembrando que a dificuldade para se alimentar não é uma escolha da criança ou da mãe, mas sim um distúrbio que pode ser tratado de forma efetiva garantindo aos pequenos pacientes uma qualidade de vida muito melhor desde os seus primeiros anos.

A PRIMEIRA VISITA

A visita ao médico para tratar de distúrbios alimentares pode ser extremamente difícil tanto para criança como para os pais. Para minimizar os impactos e transformar esta experiência em algo prazeroso e tranquilizador para ambas as partes, é fundamental que o consultório seja aconchegante e que os profissionais sejam atenciosos e muito amorosos, lembrando que a dificuldade para se alimentar não é uma escolha da criança ou da mãe, mas sim um distúrbio que pode ser tratado de forma efetiva garantindo aos pequenos pacientes uma qualidade de vida muito melhor desde os seus primeiros anos.

VISITAS REGULARES

Para um tratamento adequado, é fundamental que a fono alimentar faça um acompanhamento próximo tanto de pais como de crianças, a fim de identificar problemas relacionados à ingestão de alimentos específicos, eventualmente adequar o cardápio proposto a necessidades que possam surgir ao longo do tratamento e suportar psicologicamente os pais, encorajando-os e direcionando-os no modo de lidar com a criança. Dessa forma, certamente as medidas adotadas pelo profissional de fonoaudiologia serão muito mais eficientes, uma vez que o dia a dia em casa pode ser difícil especialmente no início.

 

ENTENDENDO O PEQUENO PACIENTE

Ainda hoje, muitos pais e familiares acreditam que a dificuldade de alimentação de uma criança é “frescura”. Devemos ter muita atenção, pois as crianças estão em uma fase de descoberta, e como ocorre com todos nós, descobertas podem ser confusas e muitas das vezes desconfortáveis.
Assim, o profissional de fonoaudiologia alimentar deve não somente ser muito paciente e amoroso com os pequeninos, mas também deve ser rigoroso quando necessário, explicando a importância de cada alimento para o pequeno paciente, ganhando a sua confiança e ao mesmo tempo a confiança dos pais, tornando este tipo de consulta algo bastante prazeroso, uma vez que ambos ficam aliviados em ver que o mundo da alimentação pode ser algo mais tranquilo e divertido.

UMA FORMA ESPECIAL DE CONSULTA

Existem diversas técnicas utilizadas pela fonoaudióloga com o objetivo de ganhar a confiança dos pequeninos. Um ambiente divertido e descontraído favorece o momento da consulta, que pode ser realizada por meio de diversas atividades práticas de descobrimento dos alimentos por parte das crianças.

Doutor Gustavo Ventura

Dra. Carla Cristina
CRFa 13919

 

 

 

 

 

Fonoaudióloga especialista em dificuldades alimentares do Espaço Médico Descomplicado, que atua de forma integrada em uma equipe multidisciplinar nos casos de recusa e seletividade alimentar

Doutor Gustavo Ventura

 

 

Dra. Carla Cristina
CRFa 13919

 

 

 

Experiência desde 2004 em atendimento clínico, hospitalar e domiciliar com pacientes com dificuldades alimentares (disfagia, recusa alimentar e seletividade alimentar), sequelas neurológicas, síndromes, sequelas oncológicas do câncer de cabeça e pescoço, comunicação alternativa e voz.

Já atuou no Instituto do Desenvolvimento Infantil, Clínica Sainte Marie-unidade Brooklin, Hospital Israelita Albert Einstein- unidade Morumbi, Associação de Valorização e Promoção do Excepcional (AVAPE), Associação para Deficientes da Áudio-Visão (ADefAV), Unidade de Vivência e Terapia (UVT), Carminha Associação para a Reabilitação do Excepcional (CARE), Psicoblue Clínica de Psicologia e Fonoaudiologia Ltda, Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz.

Agende com a Dra. Carla preenchendo o formulário ou entrando em
contato por:
 (11) 5579-9090
 (11) 93014-0007
 contato@espacodescomplicado.com